About a blog



Este é o Dive!, criado com a intenção de preencher os poucos momentos vagos da vida de sua dona, servindo como um refúgio meu e de quem mais passar por aqui. Poderão ser encontrados postagens com diversas temáticas; tratam-se de assuntos que povoam a mente desta que vos fala agora por meio deste texto. O blog nasceu numa madrugada de sábado para domingo aproveitando o instante em que a internet estava razoavelmente boa, em março de 2014, quando finalmente coloquei em prática a ideia de criar um blog, e passar a postar alguns assuntos talvez interessantes, a fim de desestressar um pouco; aliviar a pressão do cotidiano e cuspir algumas bobeiras por aqui, assim como também entreter e informar você, leitor (a).

E por que esse negócio se chama Dive!, hein?
Bom, em um belo dia de sol, tive a brilhante ideia (só que não) de nomear o blog assim por que estava escutando uma música do Nirvana, intitulada “Dive” (música muito boa, por sinal). E como minha capacidade cerebral não foi além disso, ficou com esse título mesmo (os outros eram muito piores).

A música que serviu de inspiração para o título é essa abaixo:


4 comentários:

  1. Dive! Dive! Dive in this... Dive in this... Dive in this! ♫
    Puxa, que curioso sua história! Hahahahha já fui fã de Nirvana na minha pré-adolescência (poxa, vai me achar antiga agora) hahaha.
    Caramba, mas eu jamais iria fazer associação a música, acho que é porque não me recordava mais da canção pois não ouço nirvana a muito tempo, as coisas mudam... Eu também virava as madrugadas no computador e explodia ideias na minha cabeça, mas como eu também comentei no meu blog, foram muitos os blogs que tive, mas nenhum deixei ir tão além e em nenhum me esforcei tanto quanto este. A gente acaba de certo modo, criando um carinho especial por este espaço, alguns tratam como diário, alguns só querem receber produtos, mas eu gosto de expor ensinamentos, abrir espaço para novas ideias se mesclarem as minhas, é muito bacana ver alguém do outro lado que compartilha e gosta das mesmas coisas que você. E eu espero que isso aconteça com você também Lim, que você doe amor a este pequeno espaço e faça dele um local de muitas memórias e grandes momentos! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso é o Nirvana interligando as pessoas! (pena que você não escute tanto quanto escutava antes; sou aficionada por grunge); a propósito, essa página só tem esse título graças a música About a girl (também do Nirvana, você deve conhecer), e a página Would? é assim intitulada devido à música de mesmo nome do Alice In Chains.
      Bom, eu já tive outros dois blogs, mas não foram promissores; pretendo seguir com o Dive! (tá até dando certo!), e é como você disse, a gente acaba se apegando a esse cantinho, e quando começa-se a obter retorno através do pessoal que lê os posts, é gratificante. Vale a pena o esforço em pesquisar conteúdos para as postagens, arrumar template, divulgar nas redes sociais...
      Obrigada por acompanhar o Dive!, fico muito contente com isso!

      Excluir
    2. Olha só, outra canção que não tinha pensando, About a Girl... a que eu desconheço é essa do Alice in Chains, pois dele só conheço a clássica Man in the Box. Minha época do Grunge ficou a muito tempo atrás, e com o Nirvana, também ficou Creed e Pearl Jam, já passei por muitos estilos nessa vida, atualmente estou mais zen, pode ver pelo meu blog, mas minhas paixões estão no metal. E bem, estou curiosa com o novo layout!
      Quando vai fazer a mudança? Estou seguindo também sua pagina no face!

      Excluir
    3. Would? do Alice In Chains é do disco posterior ao que contém Man In The Box; na verdade, ela foi concebida como trilha sonora do filme Singles.
      Pearl Jam e Creed são ótimas bandas!
      No metal, eu curto mais as vertentes Thrash Metal (principalmente), Black Metal, Gothic Metal, e um pouco de Nu Metal.
      Eu vou demorar um pouquinho no novo layout, mas ele sai ainda esse ano (pelo menos é o que pretendo); a base já está toda pronta, agora só faltam os detalhes.
      E obrigada pelo seu like lá na página!

      Excluir